c Trambolhão

quinta-feira, maio 18, 2006

Há dias de chuva,
Iguais à água fria que escorre através da tua face.
Nao consigo aquecer-te ou esquecer-te,
Nao sei se porque as minhas maos continuam geladas,
Se porque te perdi do coracao,
Apesar de a tua figura física nao estar longe mim.
Sinto saudades de sentir um abraco,
Amoroso,
De ver os teus olhos a sorrir quando digo olá,
De brincar com as palavras e
Dar azo a histórias de reis em castelos navegantes.

8 Comments:

At 5:10 da tarde, maio 27, 2006, Blogger serEmot said...

triste mas lindo, beijocas senhora com um quarto de século.

 
At 8:55 da tarde, junho 01, 2006, Blogger tiago said...

um abraço caloroso, tudo por um abraço... :)

 
At 12:57 da manhã, junho 06, 2006, Blogger pedro said...

Cavaleiro andante... Por onde andas tu... Que emsombras os sonhos da linda Inês...

Ainda falta um mês para te termos de novo.

Bjs gds, com muitas saudades

 
At 1:00 da tarde, junho 12, 2006, Blogger tiago said...

Faz hoje à noite três anos
que a vi pela primeira vez
Obrigado Sto. António
Por me apresentares a Inês

No Mundial da Alemanha
não tens sardinha ou manjerico
Mas também há festa e cerveja
e baile ao som do apito

(e assim cumpro a tradição dos Santos ;)

 
At 3:09 da tarde, junho 22, 2006, Anonymous Anónimo said...

Alem dos dias de chuva, já é tempo dos dias de Sol. Quando é que se escreve mais alguma coisa?

 
At 1:00 da tarde, julho 25, 2006, Anonymous Tirupati said...

epá..o inicio das tuas escritas são mesmo fantásticos!!
vejo no que escreves o algodão doce que devorava aquando de miúdo...
não é, o teu, efémero rosa,
mas um azul doce e calmo
como os céus
que te brandem,almo
de oferecer
poesia e prosa.

*plim

 
At 2:53 da tarde, agosto 04, 2006, Anonymous naulila said...

Olá.
envia-me o teu e-mail , para não escrever o meu número aqui.

Naulilaluis@gmail.com

bjs

 
At 11:54 da tarde, março 06, 2007, Anonymous Anónimo said...

What a great site »

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home