c Trambolhão: Cores

quinta-feira, fevereiro 23, 2006

Cores

Vou pintar o meu quarto com riscas verdes. O meu cabelo vai ficar azul nas pontas. As unhas, essas, reflectem o castanho forte e escuro. O meu papagaio vai ser banhado a ouro e estrelas pirilimpinpin. O baú velho no sotao será forrado de vermelho velho, quase encarnado. De manha, depois de espreguicar o sono, encho o meu jardim de túlipas amarelas e à tarde, ao passear na praia, salpico a pele de dourados quentes. Durante a noite envolvo-me no azul escuro do céu e navego por mares nunca antes conquistados.

Há dias em que podemos renascer, mudar as cores do mundo em que vivemos e sentir tudo diferente.

2 Comments:

At 10:52 da manhã, fevereiro 24, 2006, Anonymous Anónimo said...

Na Alemanha escreve-se bem

 
At 5:59 da tarde, março 01, 2006, Anonymous Anónimo said...

Mudar as cores do mundo! Onde é que eu já ouvi isto?

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home