c Trambolhão: Dois

quarta-feira, setembro 03, 2008

Dois

Passo a passo,
Se te aproximas da direita, eu encolho-me à esquerda.
Letra a letra,
Atreves-te a escrever o texto, eu assino por baixo sem ler.
Mão na mão,
Quando atinges o precípicio, esperas por mim para dar o primeiro passo.
Olhos nos olhos,
Algum tempo longe, os teus olhos não sabem inventar desculpas.
Rima a rima,
O nome da rua onde te conheci, termina em mar azul.
Taco a taco,
Subimos a montanha e descemos de trenó.

4 Comments:

At 9:34 da tarde, setembro 04, 2008, Blogger GONIO said...

És uma sedutora com palavras!
Fantástico!!
Bjo

 
At 11:15 da manhã, setembro 11, 2008, Anonymous Anónimo said...

Gostei muito.

 
At 7:52 da tarde, setembro 13, 2008, Anonymous Anónimo said...

Isto é Arte!

 
At 11:46 da manhã, outubro 09, 2008, Anonymous Anónimo said...

É brilhante!! Parabéns

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home