c Trambolhão: Fevereiro 2008

segunda-feira, fevereiro 18, 2008

Tenho tanto para ler e tão pouco que fazer. Sentado à escrivaninha, cortava anúncios de jornal com a tesoura afiada. Quadrados e rectângulos certos com a precisão demoníaca de um arrumador de carros frustrado com a sua ocupação. Todos os dias leio o jornal em busca de novas oportunidades. Eu gostava mesmo era de ser motorista. Se possível de um hotel.